Vida com História

Roupa suja

Momento Momento

Comentários (2) / 6 de abril de 2020

Logo no início da quarentena, a primeira coisa que cresceu, na maioria das casas, foi a roupa suja. Pelo menos, no grupo de amigas, esse é o lugar mais requisitado na rotina doméstica. O duro para algumas foi aprender a usar a máquina; com o volume crescendo, em função da abstinência de auxiliares e a necessidade de higienizar as roupas de quem avançou o limite da porta de entrada para rua, as bolhas de sabão levaram muita gente a uma viagem interativa, entre um tempo de lavagem e outro. E o relato da Margareth não podia ficar fora do VCH.

Margareth sempre contou com ajuda da mãe na organização de suas roupas. Quando saiu de casa e foi morar sozinha, essa tarefa continuou a encargo dela. Casou, teve filhos e uma funcionária herdou a missão de manter tudo em ordem. Margareth, nunca tinha ligado uma máquina de lavar roupas, até a quarentena. Leiga confessa no assunto, pediu instruções à distancia para a funcionária:.

– Rosa, qual botão eu uso para essa coisa funcionar?

– Botão, Dona Margareth? Não tem botão nenhum, é tudo digital.

– Tá, e como eu faço para ligar essa coisa?

– Coisa nenhuma, eu gosto tanto dela, lava tudo..

– Tá bom, Rosa, tá bom! Me fala como isso funciona?

– Desse jeito não falo, não, Dona Margareth! Acho que a senhora vai estragar a máquina novinha!

– Você tá de brincadeira Rosa?

– Não, tô falando sério, Dona Margareth! A máquina é boa mas é sensível!

– Rosa, eu já entendi! Você deve estar muito ocupada, lavando roupa, me fala onde está o manual que eu mesma descubro!

– Que manual, Dona Margareth? Eu nunca usei isso não! Quem me ensinou foi a empregada da vizinha que tem uma igual.

– Tchau, Rosa, tchau!

Margareth telefona para a casa da vizinha:

– Oi, é a Margareth! Tudo bem?

– Que bom que você ligou! Tava precisando de uma trégua!

– Que houve?

– Estou lavando a roupa suja!

– Nossa, é isso eu que eu preciso fazer!! Não aguento mais! A pilha passou do limite!

– Eu comecei com o meu filho. Sentei ele na minha frente e disse tudo que eu não tinha tempo nem paciência de dizer, antes da quarentena. Chega dessa bagunça de namorada em casa! A menina é boazinha, e tudo, mas ficar o fim de semana inteiro aqui, eu não dou conta! Decretei quarentena severa, para ele! E não é que funcionou! O próximo vai ser o meu marido; se bem que com ele eu estou quase rasgando a roupa.

– Puxa, espero que fique tudo bem com vocês. Eu, na verdade, queria saber como funciona a máquina de lavar roupa!

2 Responses to :
Roupa suja

  1. Marina disse:

    Adoreeeiii espirituosissimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *