Mexericas

Momento

Comentários (0) / 7 de fevereiro de 2011

Trilha de terra, sol quente. Tapete de grama e pedras cobrindo o chão por todo lado.
Música de água de cachoeira. Vento morno.
Na bagagem a energia  da alma. Combustível suficiente para  alcançar as nuvens. 

Olho no caminho. Algumas vezes plano outras  acidentado.  Subidas não assustam. 

Corpo e alma movidos por um bom incentivo. Aquele que agarra a gente e faz perceber o quanto você pode e consegue quando está inteiro na estrada.  Impossivel, medo, cansaço, preguiça, ficam embaixo.  Quando queremos de verdade levamos apenas o que  nos ajuda.

Alcançamos o gosto energético e o perfume das mexericas nascidas por capricho da natureza. Puro nectar, prêmio da jornada.
Mãos impregnadas, olfato alimentado, integração plena.  Bom lembrar que não foi sonho.
Sair do chão e enxergar o todo. Experimentar nosso poder  e  então, cumprir a nossa missão, mesmo que seja colher mexericas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o VH
Receba um aviso a cada novo post do VH.
Junte-se aos seguidores do VH! :)
Powered By WPFruits.com

Quero Receber Novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e receba em primeira mão as crônicas do Blog Vida com História em seu e-mail :)