Achados e Perdidos

Cidade Momento Trabalho

Comentários (0) / 14 de novembro de 2013

O movimento de gente na praça aumenta a cada miado. Curiosos observam a trabalheira dos bombeiros para retirar um gatinho de madame pendurado na Tipuana. O bichano tentava um salto, da janela do prédio para a calçada, e caiu no galho da arvore. A dona do animal chora e chora. Agua e palavras de consolo chegam à vontade. As manobras exigem cuidado para não assustar ainda mais o bichinho. Quando as pessoas já se espremiam por um lugar, uma pulseira esparrama no chão suas gramas em ouro. Em segundos, o resgate do felino perde ibope para a joia, mas ninguém se atreve a abaixar e agarrá-la. O momento coincide com o gato enfim salvo. Aplausos aos heróis do dia distraem o público e o tesouro desaparece. Um coro “pega ladrão de pulseira perdida”, ecoou longe. Não houve bombeiro que pudesse ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o VH
Receba um aviso a cada novo post do VH.
Junte-se aos seguidores do VH! :)
Powered By WPFruits.com

Quero Receber Novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e receba em primeira mão as crônicas do Blog Vida com História em seu e-mail :)