As circunstâncias e suas bússolas – capítulo 2

Momento

Comentários (0) / 1 de setembro de 2019

Combinei um café com Leonardo, morador de rua na região de Higienópolis, que eu conheci enquanto ele caminhava, levava a cachorrinha na cólera e lia um livro, tudo ao mesmo tempo. Pontualmente, às 10:30 da manhã, nos encontramos, no local marcado. Enquanto eu pedia o café, dentro do estabelecimento, Leonardo ficou sentado no banco, do lado de fora, com a inseparável cachorrinha.

Eu aguardava, na fila, o nosso pedido e observei uma senhora se aproximar e sentar ao lado dele. Do meu ponto de vista, conversavam, muito à vontade. Peguei o café e me juntei a eles.

-Olá – eu disse
– Olá – respondeu a senhora, com um suave sotaque libanês.

A senhora prestava atenção na história de Leonardo, esperando o carro que havia deixado para lavar. Agora, éramos três trocando idéias sobre as polaridades da vida e o modo como as pessoas se protegem, não só dos outros, de si mesmas. A senhora comentou um pouco do seu trabalho com duas coisas para aproximar pessoas: comida e diálogo. O carro ficou pronto, ela se despediu, prometendo voltar.

Leonardo começou a contar as novidades da semana. Entre tantas coisas, ele recebeu a doação de uma bicicleta e de um celular, resultado do empenho de um jovem que conheceu.

-O projeto do Kaique vai dar certo – disse Leonardo entusiasmado.

Kaique é um rapaz de vinte e quatro anos, sensível e humano, para reconhecer, no Leonardo, uma grande chance de sair da rua.

Leonardo fez questão de nós apresentar e, em um depoimento incrível de solidariedade, Kaique disse que se comoveu com o Leonardo e decidiu ajudá-lo.

A fé no ser humano falou mais alto do que qualquer dúvida, e o jovem arregaçou as mangas em prol do morador de rua que frequentava a mesma calçada do seu trabalho. Divulgou na vizinhança as condições de Leonardo e conseguiu, da generosidade das pessoas, a bicicleta e o celular. Criou uma vaquinha virtual para angariar recursos e dar condições de Leonardo pagar três meses de aluguel, até se organizar com um possível trabalho de entregador.

A surpresa ao conhecer Kaique foi o brilho nos olhos de quem faz algo de bom para alguém. Um jovem que poderia apenas ter dado uma esmola, foi além, e ofereceu ao Leonardo uma dose da amor que poucas pessoas conseguem. Na agenda do Kaique, tem uma lista de itens para ajudar Leonardo na retomada do caminho, com destaque para o ingrediente essencial: a amizade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga o VH
Receba um aviso a cada novo post do VH.
Junte-se aos seguidores do VH! :)
Powered By WPFruits.com

Quero Receber Novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e receba em primeira mão as crônicas do Blog Vida com História em seu e-mail :)